A Dama e o Vagabundo - 17

Ela quer conhecer a vida , ele conhecer o mundo a Dama e o Vagabundo ! .
 Depois meu patrão saiu da sala e nos ficamos enfim , sós . Eu pedi para que ele se sentasse e foi o que ele fez .
Dulce:Então rapaz , por que escolheu está profissão ?
Mack: Assim que terminei os estudos , comecei a ler sobre o assunto e me interessei.-Ele sorriu.
Dulce:Hum , realmente você é um rapaz inteligente.
Mack:E você é uma moça muito bonita , estou encantado.-Fique vermelha de vergonha.
Dulce:Obrigada , igualmente.
Mack:Obrigado.
Dulce:Então , no começo você vai se estressar um pouco pois não é pouco trabalho , mas depois você acostuma , não vou pegar leve contigo .-Nos rimos.
Mack:Que bom , acho que nunca é fácil o começo de um emprego , eu me acostumo.
Dulce:Que bom -me levantei e ele fez o mesmo- amanhã você começa , tenha um bom dia e tome cuidado por essas ruas.
Mack:Tudo bem , obrigada , tenha um bom dia também .
 Acompanhei Mack até a porta e depois que ele se foi voltei para o meu trabalho . O resto do dia foi tranquilo , sem muito stres e ás 18:00 fui embora para minha casa , sim , hoje fomos liberados mais cedo.
 Cheguei em casa e tomei um banho , vesti uma roupa confortável e desci para jantar mais minha avó , já era exatas 19:30 da noite , ficamos conversando sobre tudo até chegar ao meu novo ajudante de serviço :
Avó:Nossa querida , você está tão importante assim que foi escolhida para ensinar alguém ?-Eu ri .
Dulce:Também não é para tanto vóvó , Mack é um bom rapaz , vai aprender fácil.
Avó:Que bom ! Esperemos que dê tudo certo querida .
Dulce:E vai dá tudo certo -Meu celular toca , era Justin- licença vóvó.
 Fui até a sala atender meu celular :
Dulce: Oi nego .
Justin: Oi nega , to aqui na porta abre aqui ?
Dulce: Nego já disse que ce pode entrar quando quiser .
Justin: Anão nega morro de vergonha , abre aqui .
Dulce: Tá .
 Fui até a porta e ele estava lá , lindo como sempre com aquele sorriso lindo estampado no rosto , seus olhos brilharam ao me ver , ele veio até mim e me recebeu com um beijo demorado , carinhoso e terminado com selinhos.
Dulce: Seu bobo , vou falar pra vó que você me pediu pra abrir a porta pra você .
Justin: Se você falar eu vou te castigar .-Ele me olhou safado .
Dulce: Aé ? Como ?-Dei um beijo terminado com uma mordida .
Justin: Não me desafia .
 Puxei sua mão e levei-o até a cozinha , minha avó estava comendo ainda e ao ver Justin soltou um sorriso simpático :
Avó: Oi Justin , sente-se conosco .
Justin: Oi , claro .
Dulce: Vóvó acredita que Justin me ligou pra eu abrir a porta pra ele .
Avó: Justin ! Assim você me magoa , você sabe que já é de casa run .-Ela resmungou .
Justin: Desculpa é que eu ainda fico em jeito .
Dulce: Seu bobo .
Avó: É sim , um bobo mesmo .-Nos rimos .
 Depois que comemos , minha avó recolheu a louça e eu e Justin lavamos a louça e depois subimos pro quarto , minha avó já tinha ido dormir . Entramos no quarto e ainda bem que estava arrumado , Justin odiava quando chegava e estava desorganizado . Nos sentamos na cama , ele ficou brincando com meus cabelos como sempre .
Justin: Como foi no trabalho ?
Dulce:Legal , tenho um secretário agora .
Justin :Como assim , secretário ?



Um comentário:

♥ Victoria Velloso ♥ disse...

Oi nega, nossa já estava com saudades de você querida.
Continua logo, estou adorando essa IB magnifica
Beijinhos <3