A Dama e o Vagabundo - 04

Segunda Temporada .


 Cheguei me casa e liguei para minha mãe e ela disse que iria resolver as coisas da escola, ficou muito feliz e nem me tratou mal, fiquei melhor, amo minha mãe mas não demonstro porque é meu jeito e sempre foi assim. A gente discuti quase sempre e depois tamo de boa, acho que minha mãe apesar de tudo faz tudo que eu peço ou quero por ter "dó" de mim por conta do meu pai.
 Meu pai roubou um dos maiores bancos de Atlanta, em 1994 foi o maior roubo de todos os tempos e até hoje isso nunca voltou a acontecer. 
 Logo depois do assalto ao banco, minha mãe descobriu que estava grávida, uns 2 meses depois, ela e meu pai brigaram e ele bateu nela. Meu tio que é policial fez minha mãe contar o que aconteceu e meu tio ficou feito um louco atrás do meu pai e foi aí que ele fugiu para  a América do Sul, divisa de Brasil, Peru, Venezuela e Panamá mas só eu e o Wiz sabe onde ele está. 
 Quando eu tinha meus 16 anos Wiz me levou para conhecer meu pai e foi a partir dali que eu decidi o que queria para minha vida. Depois que toda a galera descobriu de quem eu era filho passaram a me chamar de Solto o apelido do meu pai quando mais novo. Conheci todos os amigos do meu pai, os maiores traficantes da Colômbia, os melhores vendedores de armas entre outros. Wiz é um dos mais confiáveis do meu pai por isso me aconselhou a andar com ele, e me entregou na mão dele e desde então estamos juntos. 
 Muitas pessoas me dizem "Você é tão bonito, tem tudo por que faz isso ?" . Eu faço porque sou assim, eu nasci para isso, tá no meu sangue e eu tenho que honrar minhas raízes. Fui criado assim no meio disso, desde pequeno via meus tios traficando, hoje os pau no cú viraram tudo polícia e eu não converso com mais nenhum. Eu gosto disso, da adrenalina em mim, gosto de viver no perigo e desafiar o perigo, eu sou assim e nunca vou mudar .

Vagabundo Mod Off.
Dama mod On :
 A tarde com minha mãe foi ótima, fomos ao shopping, compremos algumas roupas e o presente do meu pai. Por volta das 17:00 da tarde fomos caminhar no parque, lá é um bom lugar para praticar exercícios, sair com o namorado, levar os filhos para brincar etc. 
 Chegamos me casa ás 18:30, subi para o meu quarto e tomei um banho, vesti uma roupa :
 As meninas me chamaram para sair, nós íamos na Subway comer alguma coisa. Katie passaria ás 19:30 para me buscar, as outras meninas (Jessie, Mallody) estariam nos esperando lá, 19:20 eu estava pronta, desce e minha mãe estava preparando o jantar e meu pai estava tomando banho para comer e logo em seguida iria trabalhar. 
 Não demorou muito para escutar o barulho da buzina do carro de Katie na porta de minha casa, me despedi da minha mãe e do meu pai e saí, entrei no carro e cumprimentei minha amiga com um beijo no rosto e um abraço, muito forte.
Mariana : Como você está ?
Katie : Aí amiga, to bem e você ?-Disse enquanto dirigia atenciosamente .
Mariana : To bem também, você parece meio desanimada.
Katie : Trabalho amiga, muito serviço nas minhas costas. Minha mãe viajou para Nova York para comprar mais roupas e calçados e vai ficar por lá quase 1 mês ou mais pois ela quer abrir uma nova loja lá. E quem vai ter que cuidar de tudo aqui ?
Mariana : Você .
Katie : Acertou .-Disse meio desanimada .
Mariana : Olha amiga, pensa positivo veja o quanto vai ser legal você cuidar de uma empresa, você cuidar de tudo, fazer tudo do seu jeito, você tem 17 anos e imagina quantas garotas da sua idade não queriam ganhar o que você agora vai passar a receber por mês ! -disse animada- cansativo vai ser sim, mas aproveita essa oportunidade, são poucas pessoas que tem .
Katie : Mais amiga, é muito cansativo sabe, tá sendo tudo de bom mas cansativo. 
Mariana : Se eu pudesse eu te ajudava, mas o que eu puder fazer por você é só você pedir.-Katie parou o carro .
Katie : Amiga ! É isso ! Você vai trabalhar comigo, vai me ajudar -ela abriu um sorriso de orelha a orelha- você quer ?
Mariana : Sério amiga que eu vou poder, não precisa de nenhum curso de nada não ?
Katie : Precisa de curso de administração pois você vai mexer nessa área que é a que eu menos entendo -rimos- mas as outras coisas eu te ensino .
Mariana : Tá bom amiga, obrigada -pausa- agora dá pra continuar dirigindo porque tão buzinando ali já -Nos rimos.
 Não demorou muito para chegar na Subway, como havia dito antes as meninas estavam lá a nossa espera, ao chegar cumprimentei todas elas com um beijo no rosto e um forte abraço, fizemos nossos pedidos e continuamos conversando :
Mallody : Gente hoje tem uma festinha monstra para gente ir.-Disse animada .
Jessie : Sério amiga, onde vai ser ?
Mallody : Na casa do Cody .
Katie : Do Cody ? -ela abriu mais os olhos e deu um sorriso de orelha a orelha.
Jessie : É esse mesmo amiga .
Mallody : É desse que ela é afim ?
Jessie/Mariana : É .-Confirmamos .
Mallody : Então vamos amiga, eu te apresente ele e quem sabe rola alguma coisa.
Katie : Tá, mas vou ter que voltar cedo pois a empresa tá na minha responsabilidade agora.
Jessie : Relaxa amiga a gente volta cedo.-Deu uma piscadinha para Katie .
Mallody : Ok . Vamos Mari ?
Mariana : Meninas vocês sabem que eu não curto muito isso .
Katie : Amiga -ela disse implorando- vamos comigo ? Por que eu vou beber claro e tenho que voltar cedo daí você traz -ela sorriu- um favor para sua amiga que te ama muito.
Mariana : Aé assim ? Eu vou ter que te trazer bêbada para casa ?-Cruzei os braços.
Jessie/Mallody/Katie : Vaaaamoooos ! -Elas imploraram para mim .
Mariana : Tudo bem, eu vou mas vou logo avisando não vou beber .
Mallody : Tá bom meninas então hoje é uma noite especial.
Jessie : Já que a Mari aceitou ir com a gente em uma festa.-Elas riram para mim.
Mariana : Credo meninas, até parece que isso é tão raro assim -elas me encararam- tá é raro mas também não é preciso tudo isso .
Katie : É sim amiga, nós vamos aproveitar muito com você -sorriu- agora vamos comer para eu te levar na sua casa enquanto as meninas vão para as dela e se arrumam e depois que você estiver pronta ce me liga e eu vou te buscar.
Mariana : Cominado, ma não afirmo nada ainda tenho que pedir minha mãe.
Mallody : Até parece né Maria, sua mãe é louca para você sair.
Jessie : É, ela não vai nem se importar . 
Mariana : Tudo bem meninas, agora comam, vocês não podem consumir bebida alcoólica  com o estômago vazio .-Elas riram.
 Comemos e depois fomos cada uma para sua casa, eu nem estava acreditando que iria a uma festa mas a Katie tem muita responsabilidade em mãos não pode furar com sua mãe, vou para cuidar dela e tentar me divertir um pouco né já que nunca saio.
Meninas que amor, que bom que vocês gostaram do último capítulo. Obrigada por todos os comentários também, amo vocês *-* olha se não for pedir muito eu gostaria que vocês divulgassem o blog, ficarei muito grata há vocês se fizessem isso (: Então é isso princesas, fiquem com Deus, beijos :*

3 comentários:

imagine belieber disse...

OMB que prefeito man incrivel
Nossa o que sera que vai acontecer nessa
Festa em to muito anciosa pro proximo cap
Entao diva posta logo ta ok bjs florzinha *--*

Joana Margarida disse...

amei continua

Mirela Gaspar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.